*Dia do Escritor
-25 de julho

Escrever é arte, é magia do pensar
Prosa e poesia, faz da arte moradia
O tema é critério de quem ousar
Ritmado ou de livre sintonia

A palavra é vulcão convincente
Derrama a lavra quente e silencia
Confronto de olhares em dialética
Entre o eu e o outro em anistia

Mas há quem de tal faça estroinice
Liberta a emoção atinge os mares
Como a palavra é livre em arteirice
Viaja tem domínio em seus pensares

Estende em cada espaço seu encanto
Talento e faro haverá de encontrar
Nas mãos que do lirismo faz espanto
Na poesia, desbravando outro luar

Escreve o jornalista faz à crônica
Avança o conto, aflora o repentista
A vida continua assim biônica
Levando no romance a voz altista

Ensaios trazem o esboço literário
Nos trovadores o canto ecoando
A rima não morreu se fez plenário
Discursos na palavra é comando

Escreva eu, você o que lhe apraz
Faz bem, aclama, acalma o sicrano
Que seja a palavra de canto e paz
Pra tudo, um lugar disso me ufano


Parabéns a todos os escritores


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposições Guimarães rosa!

Os dez melhores livros de Paulo Coelho!